Conheça todas as

Doenças Hematológicas


Alterações das células sanguíneas
– Anemias   (glóbulos vermelhos baixos)
– Policitemias   (glóbulos vermelhos aumentados)
– Leucopenias   (glóbulos brancos baixos)
– Leucocitoses   (glóbulos brancos aumentados)
– Plaquetopenias   (plaquetas baixas)
– Trombocitoses   (plaquetas aumentadas)

Doenças onco-hematológicas:
– Leucemias
– Linfomas Hodgkin e não-Hodgkin
– Mieloma múltiplo
– Síndromes mielodisplásicas
– Síndromes mieloproliferativas: policitemia vera, trombocitemia, mielofibrose

Doenças dos gânglios linfáticos / linfonodos

Doenças do baço

Distúrbios da coagulação:
– Doenças hemorrágicas
– Púrpuras trombocitopênicas
– Coagulopatias adquiridas
– Hemofilias e doença de Von Willebrand
– Trombofilias hereditárias e adquiridas

Hemoglobinopatias:
– Doença falciforme
– Talassemias

Sinais e Sintomas das

Doenças Hematológicas


Fraqueza, fadiga e palidez
   
São queixas comuns de pacientes com anemia, sobretudo nos casos de início recente, como as anemias causadas por perda de sangue recente ou destruição.

Aumento dos gânglios linfáticos / linfonodos
  
 É uma apresentação comum de doenças infecciosas e inflamatórias, mas também de doenças hematológicas, particularmente os linfomas e leucemias.

Febre e infecções de repetição
    Fadiga, febre e quadros de infecção de repetição, incluindo faringite, amigdalite, gengivite, úlceras orais, sinusite, otite, pneumonias, diarreias, infecções urinárias, podem ser observadas em pacientes com neutropenia. A neutropenia é a diminuição do números de neutrófilos, células de defesa responsáveis pela imunidade contra bactérias e fungos.

Dores ósseas
    
É uma dor forte e contínua nas costas ou na bacia (pelve), presente na leucemia e no mieloma múltiplo.

Sangramento e hematomas
    
Sangramentos são consequentes a diminuição do número de plaquetas e deficiências de fatores de coagulação. Na púrpura costuma surgir como petéquias hemorrágicas observadas primeiramente nos membros. 

Tromboses
    
A trombose é a obstrução de vasos sanguíneos. Na obstrução venosa ocorre inchaço e dor nos membros, além de formar êmbolos que seguem para os pulmões causando embolia pulmonar, provocando falta de ar, dor no peito e mal estar.